j

"PEGUE SUA PEDRA DE MOINHO E MERGULHE"

Posted by ALÉM DAS ESTRELAS - -


(Mateus 18:6) Entretanto, se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar. 


Quando nos convertemos ao Evangelho de Jesus e nascemos de novo no Reino espiritual,recebemos de Deus o seu Espírito Santo para morar em nós,Ele é o selo,de garantia de que pertencemos a Deus como sua propriedade. 
Afinal, o seu Filho Jesus nos comprou para Ele e pagou com a sua própria vida,com o seu sangue. 
Hoje,podemos dizer que o selo do Espírito Santo é o nosso "Cupom Fiscal",ou seja, um comprovante de compra.
Por causa do sacrifício de Cristo os nossos pecados são perdoados,o nosso destino eterno de condenados ao inferno,é alterado,é modificado porque Cristo recebeu sobre si os nossos pecados e foi condenado,Ele foi morto e até desceu ao inferno no nosso lugar;mas,esse não foi o seu fim,Jesus ressuscitou e estar vivo no céu.
Mas,Ele não nos deixou só aqui no mundo, Cristo enviou o Espírito Santo para ficar conosco todos os dias da nossa vida;Ele é o nosso Ajudador,o nosso Mestre,o nosso Consolador,o nosso Guia. Enfim, Ele é tudo que precisamos.

Tão importante quanto receber o selo do Espírito Santo de Deus em nossa vida no ato do novo nascimento,é termos a consciência de sua preciosa presença no nosso corpo.

Por causa da sua presença em nós,não podemos viver uma vida cristã de qualquer jeito,na prática do pecado escandalizando o Evangelho de Cristo.
É nosso dever,vivermos uma vida cristã íntegra.
É comum hoje vermos cristãos que ignoram o Espírito Santo ,e muitos nem sabem que possuem o Espírito Santo.


Uma das piores coisas da vida é ser ignorado.
Quem nunca foi ignorado na vida? 
É horrível você estar no ambiente e não ser tratado com atenção e respeito. Na verdade,dá até vontade de se retirar daquele lugar e não voltar nunca mais.
Se nós,seres humanos não gostamos de ser ignorados,imagina o Espírito Santo que vive dentro de nós. 

O meu objetivo hoje através dessa reflexão é para que possamos ter a consciência de que há um Espíirto Santo dentro de nós,Ele é o que há de mais precioso em nossa vida e merece ser respeitado e adorado EM nós e POR nós. É importante termos essa consciência da presença do Espírito Santo,dentro de nós,ela nos fortalece diante da tentação e também causa temor à Deus. Não de termos medo de Deus e sim respeito a sua presença em nós.



(Efésios 4:30) E não façam com que o Espírito Santo de Deus fique triste. Pois o Espírito é a marca de propriedade de Deus colocada em vocês,a qual é a garantia de que chegará o dia em que Deus os libertará.





A vida cristã chama muito a atenção das pessoas em volta.Eu costumo dizer que todo evangélico é "famoso",porque todos os olhares e holofotes do mundo estão sobre ele. Todo mundo pode pisar na bola,que é comum. Porém,quando um cristão faz algo de errado,todos os olhares do mundo são para ele.

.
Deus então nos adverte dizendo que melhor seria se amarrássemos uma pedra de moinho no pescoço e se nos jogássemos nas profundezas do mar. 
Ou seja, melhor seria se todo cristão pegasse os seus pesos,os seus problemas,e dificuldades,e mergulhassem mais em Deus ou seja,na vida de consagração; e se deixasse ser transformados por Deus. Porque quando nos consagramos,Deus tem liberdade de agir EM nós e POR nós. Nossa missão é salgar e brilhar no mundo de trevas e sem sabor.

(Mateus 5:13-14) Vocês são o sal para a humanidade;mas, se o sal perde o gosto,deixa de ser sal e não serve para mais nada. É jogado fora e pisado pelas pessoas que passam.
Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre o monte.




Tem uma música que diz: "Se as águas do mar da vida quiserem te afogar,segura nas mãos de Deus e vai..."
Baseado na passagem de Mateus 18:6 eu prefiro dizer : "Se as águas do mar da vida quiserem te afogar,MERGULHE mais em Deus e vai..."

Quando as ondas do mar da vida tentarem nos derrubar,é hora de mergulharmos mais fundo,porque é lá embaixo,nas profundezas de Deus,onde acharemos paz.
Existe um lugar onde quanto mais descemos,mais subimos,espiritualmente falando.
Esse lugar é nas profundezas de Deus. Sabe,aquela sensação de quando você mergulha no mar ou na piscina e fica lá em baixo,desfrutando daquela calmaria que só as águas tem o poder de proporcionar; 
Essa sensação de quietude e paz também achamos quando mergulhamos mais fundo e descemos mais na nossa comunhão com Deus,através da nossa consagração,oração,jejum,adoração e meditação das Escrituras Sagradas.

Enfim é um lugar muito especial,onde achamos os tesouros que enriquecem a nossa alma.
Existe,um momento na vida cristã,onde tudo que realmente precisamos é nos aquietarmos e pararmos de lutar na nossa própria força e então nos submetermos ao Espírito Santo e deixármos que Ele lute por nós. 
Porque existem momentos onde a única coisa que podemos fazer diante das circunstâncias,é reconhermos a nossa limitação humana e reconhecermos a grandeza de Deus; Sabendo que aquilo que é impossível para nós ´como humanos,é possível para Deus.
Quantas "guerras" perdemos por insistirmos em lutarmos na nossa própria força. 


(Salmos 46:10) Ele diz: "Parem de lutar e fiquem sabendo que eu sou Deus. 
Eu sou o Rei das nações,
o Rei do mundo inteiro."


Quando eu viajei para Israel,eu lembro de ter visto uma pedra de moinho,rústica,(foto aqui no meu blog) onde eles colocavam a azeitona para ser amassada,e após passar por todo um processo ali,era extraído o puro azeite de oliva. Podemos usar esse exemplo da pedra de moinho que tem como função,esmagar o fruto,ou a matéria prima extraíndo dela o seu melhor,a sua essência transformando no determinado produto para ser então utilizado. 
Podemos compreender aqui porque Deus nos manda amarrar uma pedra de moinho no pescoço e nos jogar nas profundezas do Mar,ao invés de escandalizarmos o evangelho. Porque quando nos humilhamos e descemos na presença do Senhor,através da nossa consagração,oração,jejum,adoração;
Ele então começa a agir em nós,e muitas vezes com a mesma função de uma pedra de moinho,e nesse processo, o fruto da nossa velha natureza carnal em nós é destruída e transformada. 
Faz parte da vida cristã ser triturado,ou seja,,transformado por Deus como se uma pedra de moinho estivesse em nosso pescoço,nos mantendo nas profundezas,em comunhão com Deus. Essa é a forma dele extrair a nossa essência,o que há de melhor dentro de nós,que será de utilidade em suas mãos.

Nesta passagem de
"Mateus 18:6 Entretanto, se alguém fizer tropeçar um destes pequeninos que creem em mim, melhor lhe seria amarrar uma pedra de moinho no pescoço e se afogar nas profundezas do mar."
Deus não manda apenas pisar nas águas e molhar os pés,Ele manda mergulhar nas profundezas,ou seja,descer,se humilhar diante dele;porque é exatamente nos lugares baixos,quando descemos e dobramos o joelho diante de Deus,que as suas águas nos limpam e nos lavam de toda a sujeira que há dentro de nós.





Ezequiel 47:1-9 " O homem me levou de volta até a entrada do Templo. Debaixo da entrada,saía água que corria na direção do leste,pois o Templo dava frente para esse lado. A água corria por baixo do lado sul do templo,ao sul do altar. Então o homem me fez sair da área do Templo pelo portão norte e me levou pelo lado de fora até o portão que dá para o leste. Um riacho saía do lado sul do portão. Com a sua vara de medir,o homem mediu quinhentos metros na direção da correnteza,para o leste.Ele me fez atravessar o riacho ali,e  a água chegou aos meus tornozelos. Em seguida,ele mediu mais quinhentos metros,e a água subiu até os meus joelhos. Mais quinhentos metros, e a água chegou até a minha cintura.Finalmente,mediu mais quinhentos metros, e o rio era tão fundo,que eu não podia atravessar. Era fundo demais para ser atravessado, a não ser a nado."




Vivemos dias difíceis onde as ondas do mar da vida tentam de todas as formas nos derrubar. Por isso,se aproximar mais de Deus através da nossa consagração,não é uma escolha ou uma opção,e sim um ato de sobrevivência. Temos um tsunami passando em nossa cabeça,precisamos nos esconder e nos proteger nas profundezas de Deus. Ele é o nosso lugar seguro.
Eu e você,nós não nascemos no Reino espiritual para vivermos uma vida cristã rasa,o nosso lugar é nas profundezas de Deus. Não podemos deixar que nada ,ninguém ou nenhuma circunstâncias nos faça subir para o raso,pelo contrário,temos motivos de sobra para mergulharmos mais profundo e permanecermos lá em baixo com todos os nossos pesos,e deixarmos que todos eles sejam esmagados e transformados em bênçãos para a nossa vida e que sejamos úteis nas mãos de Deus. 

Que possamos descer mais e mergulhados nas suas profundezas e através da nossa consagração permitir que Deus haja em nós,como uma pedra de moinho no nosso pescoço,moendo o nosso eu,o nosso interior e tudo aquilo que precisa ser mudado em nós,até sermos transformados no que Ele quer e planejou para nós.


Isso faz lembrar da história de Ester,onde Deus transformou o luto em festa,devido a sua consagração. Foi exatamente o que a Rainha Ester fez no momento de extrema dificuldade em sua vida e na vida do seu povo,ela e o seu povo mergulharam mais profundo em Deus através da oração e jejum,através da consagração por uma intervenção de Deus diante daquela circunstância, e Deus então mudou o luto em festa para a Rainha Ester e o seu povo.
Deus é Especialista em mudar,em transformar. Deus transforma o mal em bem,a dor em alegria,a vergonha em dupla honra. 
Deus faz o impossível para que o seu Santo Nome seja glorificado por todos. 
Afinal,Ele é o único Deus,digno de toda honra,glória e louvor agora e para sempre. Amém.

Juciara Oliveira.
Derramando o bálsamo da Palavra de Deus no seu coração.

Apelo