✝JUCIARA OLIVEIRA{:)

  • Excelência é fazer o melhor possível

    Então Maria pegou um frasco de nardo puro, que era um perfume caro, derramou-o sobre os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos... (João 12:3)

  • Assim diz O SENHOR;

    "Eu farei com que as suas terras secas virem um jardim, como o jardim que plantei na região do Éden. Alí haverá alegria e felicidade, haverá música e canticos de louvor a Mim." (Is. 51:3)

  • Fé em ação!

    "Mas os que confiam no Senhor recebem novas forças. Voam nas alturas como águia, correm e não perdem as forças, andam e não se cansam." (IS. 40:31)

j


(Lucas 18:27) "O que é impossível para os homens é possível para Deus".



AS ABELHAS VOAM ACIMA DAS POSSIBILIDADES

Segundo as leis da aerodinâmica, e segundo ainda, testes feitos em um túnel de vento, as ABELHAS não podem voar!
Seu peso, a forma e as dimensões de seu corpo e o pequeno tamanho de suas asas, torna IMPOSSÍVEL o voo da ABELHA!
Como a ABELHA não tem conhecimento de tais PESQUISAS, ela simplesmente não só VOA, como ainda produz mel!
Tal como a ABELHA, não deveríamos nos impressionar com todas as OPINIÕES formadas ao nosso respeito. 

Deus não erra naquilo que faz, se Ele deu asas as abelhas, independente do tamanho, foi para que elas voem independente das possibilidades. 
O seu foco deve estar unicamente em Deus,diante das opiniões e dos achometros,mesmo que alguns digam que você não é capaz;não importa o que as pessoas pensam e falam ao teu respeito e sim unicamente a opinião de Deus sobre você. Afinal,foi Deus quem te criou e só Deus sabe do que você é capaz!



Assim como as abelhas que voam porque não sabem que não não capazes.Se focarmos no que as pessoas geralmente falam e pensam sobre nós,deixaremos de usar o dom e as habilidades que Deus nos deu e viveremos uma vida fora da vontade de Deus por não considerarmos aquilo que recebemos dele. Portanto, use o que Deus te deu, mesmo que pareça "pequeno" e muitas vezes sem valor algum aos olhos de alguns.. Quando Deus usa algo "pequeno" um inseto,,sem valor algum aos olhos humanos, é exatamente para mostrar que o poder vem unicamente dele. Afinal,no mundo de "grandes",Deus jamais usará uma pessoa soberba que se acha "grande" até mesmo porque ela achará que tudo o que Deus fez,foi ela quem fez na sua própria capacidade. 
Você que é considerado "pequeno" aos olhos humanos,saiba que a sua capacidade de voar acima das circunstancias da vida,vem de Deus. Exatamente para que todos vejam e glorifique ao Pai que estar no céu. E mesmo que alguns não glorifique a Deus ao te ver voando acima das circunstancias,eles mesmo em silêncio saberão que você é guiado e movido pelas mãos e poder de Deus.

Assim como as abelhas voam sem serem capazes pela lógica humana, Deus te capacita a viver  na dimensão do SOBRENATURAL,viver acima da capacidade humana,para calar os que só acreditam na ciência e na lógica humana. 


Existe um povo aqui no mundo misturado com os demais,porém,SEPARADOS aos olhos de Deus. Povo que VIVE para a glória de Deus independente das circunstâncais da vida. Aparentemente fraco e frágeis e sem capacidade alguma,eles fazem o que poucos fazem,VIVEM A VIDA PARA A GLÓRIA DE DEUS!

um povo que não se rende ao natural,as dificuldades,as propostas,ao pecado; uma menoria  que não troca a presença de Deus por COISAS OU PESSOAS que lhe separa de Deus de certa forma. Mesmo que seja comum ou natural para o sistema se render ao mundo diante das pressões, esse povo tem a plena conciência de que não são guiados pelo sistema e sim pela palavra de Deus e mesmo que o sistema e o mundo digam sim para o pecado,esse povo diz NÃO.

Existem um povo vivendo acima da limitação humana,numa dimensão onde já não importa o que vão pensar e falar ao teu respeito,porque você só quer agradar a Deus e não ao mundo. Mesmo sendo mal interpretado ou julgado injustamente algumas vezes pelos próprios "irmãos", que geralmente se encontram no nível espiritual inferior;devido a vida de fofoca,e julgamento da vida do outro sem ao menos ter o diploma de Juiz ou muito menos serem Deus,já descreve o nível espiritual que essa pessoa se encontra,digna de misericórdia..
O nosso foco é Deus e não pessoas. Assim como as abelhas podemos voar acima das possibilidades porque o nosso Criador nos deu asas,e mesmo pequenas elas voam para  cumprirem o propósito para a qual foram formadas.

Se observarmos cuidadosamente a natureza,veremos Deus nos pequenos detalhes e aprenderemos muito com tudo aquilo que Ele criou.


AS ABELHAS PRODUZEM O MEL




Como exemplo das abelhas além delas voarem além das possibilidades,elas ainda produzem o mel.  A
abelha suga com a língua o nectar das flores e se alimentam e guardam na garganta uma porção e levam para a sua colméia onde produzem o mel.
O que você tem produzido para Deus e para o teu irmão? 
Jesus Cristo é o lírio dos vales,é dele que extraímos o nosso alimento,alimentamos a nossa alma e o nosso espírito e produzimos mais e mais para alimentarmos  as almas famintas do amor de Deus.
As abelhas tem o seu veneno dentro do abdome,que sai nas ferroadas para quem  se aproxima e lhe ameaça de alguma forma. Porém após ferroarem e liberarem o seu veneno,elas voam,por alguns minutos e morrem,devido ao seu ferrão que rasga o seu abdome. 
Embora haja o perigo do veneno no seu corpo físico,na sua natureza há mel.

Podemos aprender aqui com as abelhas que diante de uma circunstancia,quando agimos pela carne,até mesmo para nos defendermos,diante de ameaças,liberamos um "veneno" que tanto prejudica o outro,quanto a nós mesmo. Muitas vezes alguém libera o mal para  destruir o outro,e ela não só destrói,como também é destruída pelo seu próprio veneno. Precisamos ter a conciência de que estamos no corpo físico de carne cheio de "veneno",mas SOMOS UM ESPÍRITO RECRIADO EM DEUS QUE PRODUZ MEL

Para cada criatura Deus criou seu habit, se ninguém invadir o espaço do outro,ninguém sofrerá mal algum. Mas,no momento que alguém sai do seu lugar e invade  o ESPAÇO OU A VIDA do outro,então esse alguém sofrerá as suas consequências.  

Cada um deve cuidar da sua própria vida.
A vida é uma escola,aprendemos uns com os outros,aprendemos com a natureza e aprendemos com a poderosa e sagrada palavra de Deus.


Na Bíblia Sagrada,encontramos muitas histórias de pessoas ou podemos chamá-las aqui de "abelhas" por terem vivido acima da capacidade humana e vencido grandes desafios pela capacidade de Deus.

Em Gênesis 37 temos a belíssima história de José do Egito ele que foi uma "abelha",agindo acima do natural;ele sonhou voando por lugares altos,ou seja,ele não sonhou,Deus lhe revelou em sonhos  o que lhe esperava no futuro preparado pelo próprio Deus. E os seus parentes,os seus irmãos foram os primeiros a se incomodarem com os sonhos de José e motivados pelo sentimento de inveja decidiram lhe destruir para impedir de verem a realização dos seus sonhos. Mas, aquilo que Deus determina no céu,acontece na terra e não tem parente invejoso ou cão do inferno que impeça o agir de Deus na vida dos seus. Assim como a abelha,José conseguiu voar acima das dificuldades,acima das impossibilidades,acima do impossível,acima da lógica humana e  ocupou os lugares altos do Egito. E além de voar assim como as abelhas,José ainda produziu o mel para alimentar uma nação. O mel que jorrou de dentro de José foi o seu perdão diante dos seus parentes maus e invejosos;literalmente José alimentou os seus parentes e todo o Egito,com o mel da sua sabedoria e bondade. José,uma abelha sonhadora que voou acima das dificuldades e possibilidades e nos lugares altos ele produziu o mel para os seus "inimigos" disfarçados de parentes.

Temos uma outra "abelha" na Bíblia que não tinha capacidade alguma  na lógica humana de VOAR. 

Davi,era uma abelha ousada que tirou os olhos de si e lutou,derrubou e matou o seu gigante unicamente pela capacidade de Deus. 
As maiores conquistas e vitórias da vida não são fruto da força humana,mas  de Deus. 
Assim como a abelha,Davi voou alto mesmo sem ser capaz e produziu o mel da vitória para o povo de Israel e principalmente para a glória do Deus de Israel.
Aprendemos com Davi "uma abelha ousada",um inseto pequeno e frágil,mas rápido e determinado,a não nos intimidar diante dos que são aparentemente maiores que nós. Nem tudo que parece é. Muitas vezes o que parece forte,é fraco;e o que parece fraco,é forte!
 
AS ABELHAS NÃO SE APEGAM AO SEU AMBIENTE:






As abelhas nos dão um grande exemplo de DESAPEGO.


Após construírem a colmeia, elas abandonam-na.
E não a deixam em ruínas, mas viva e repleta de alimento
.


Todo mel que fabricaram além do que necessitavam é deixado. Batem asas para a próxima morada sem olhar para trás.
Elas nos ensinam ao DESAPEGO ao local que estamos,o mundo,afinal,estamos de passagem. E nada do que temos nos pertence de fato. Um dia teremos que partir e aquilo que construímos ficará.


(1 Pedro 2:11) Queridos amigos,lembrem que vocês são estrangeiros de passagem por esse mundo.



Assim que a abelha,você foi criada para voar além da lógica humana e produzir o mel da vida de Deus em você e alimentar a alma faminta com o Jesus o pão e a água da vida. Mesmo que muitos digam que você não é capaz! Voe acima do preconceito,do julgamento,da falsidade,acima das  crises e dificuldades,acima da dor e produza o mel do amor de Deus.


Juciara Oliveira.
Derramando o bálsamo da palavra de Deus no seu coração.

(2 Reis 4:8-17) 

Sucedeu também um dia que, indo Eliseu a Suném, havia ali uma mulher importante, a qual o reteve para comer pão; e sucedeu que todas as vezes que passava por ali entrava para comer pão.
E ela disse a seu marido: Eis que tenho observado que este que sempre passa por nós é um santo homem de Deus.
Façamos-lhe, pois, um pequeno quarto junto ao muro, e ali lhe ponhamos uma cama, uma mesa, uma cadeira e um candeeiro; e há de ser que, vindo ele a nós, para ali se recolherá.
E sucedeu que um dia ele chegou ali, e recolheu-se àquele quarto, e se deitou.
Então disse ao seu servo Geazi: Chama esta sunamita. E chamando-a ele, ela se pôs diante dele.
Porque ele tinha falado a Geazi: Dize-lhe: Eis que tu nos tens tratado com todo o desvelo; que se há de fazer por ti? Haverá alguma coisa de que se fale por ti ao rei, ou ao capitão do exército? E disse ela: Eu habito no meio do meu povo.
Então disse ele: Que se há de fazer por ela? E Geazi disse: Ora ela não tem filho, e seu marido é velho.
Por isso disse ele: Chama-a. E, chamando-a ele, ela se pôs à porta.
E ele disse: A este tempo determinado, segundo o tempo da vida, abraçarás um filho. E disse ela: Não, meu senhor, homem de Deus, não mintas à tua serva.
E concebeu a mulher, e deu à luz um filho, no tempo determinado, no ano seguinte, segundo Eliseu lhe dissera.


Temos muito o que aprendermos aqui nessa passagem,ela é riquíssima!
A mulher de Suném investiu no mundo espiritual com a oportunidade que lhe veio as mãos de fazer o bem para o profeta de Deus. Ela lhe propôs uma refeição,em seguida uma hospedagem,atenção e cuidado para com o homem de Deus,que naquela ocasião simbolizava o próprio  Deus através do seu ministério e missão aqui no mundo.

(Mateus 10:42) Aquele que der um copo de água a um dos meus seguidores,receberá a sua recompensa.

(Tiago 4:17) Aquele que sabe fazer o bem  e não faz comete pecado. 

Sabemos que aquele que planta uma boa semente em terra boa,com certeza colherá bons frutos. O profeta era uma boa terra e a mulher sabia disso,por isso não desperdiçou a oportunidade de semear nele.
Existe uma grande diferença entre honrar alguém de livre e espontânea vontade e de ser explorado por alguém em troca de algo.  A mulher fez de coração sem nada em troca e o profeta recebeu daquela mulher também de coração aberto sem lhe explorar de certa forma.

Deus realiza sonhos e dar até o que você não pediu a ninguém. A mulher era rica,tinha de tudo,mas,era estéril e o seu marido era velho,ela não tinha um filho,o que lhe faltava o seu dinheiro não podia comprar,na verdade, só Deus podia lhe dar um filho. O profeta disse que ela teria um filho. Ela respondeu: Não minta para mim! Ou seja,não me iluda!
Ela diz isso porque na verdade, já havia perdido a sua esperança,talvez desistido da ideia de ser mãe. A sua resposta mostra desilusão,frustração,a ideia de ter um filho lhe soava como uma mentira,algo irreal, impossível.

(Hebreus 10:23) Guardemos firmemente a esperança da fé que professamos,pois podemos confiar que Deus cumprirá as suas promessas.

(Hebreus 6:18) Deus não mente...
(João 6:63)  A palavra é espírito e vida.

Um ano depois ela estava com o seu filho nos braços como o profeta disse.

Certo dia o menino sentiu uma forte dor de cabeça e morreu nos seus braços. 
Essa mãe nos ensina aqui a não gritar a nossa dor para ninguém;ela nos dar uma aula de equilíbrio em meio a dor diante da sua tristeza silenciosa.
A fé vai além do que sentimos. A mulher vai ao encontro do profeta e deixa o corpo do seu filho no quarto de hospede onde o profeta ficava quando estava na cidade. 
No caminho próximo a casa do profeta,a mulher encontra Geazi,o servo do profeta,ele lhe pergunta como ela vai,o seu marido e o seu filho,era lhe responde que VAI TUDO BEM!
Na verdade,ela não mentiu diante da situação atual,ela apenas sabia que ele não poderia lhe ajudar diante daquele quadro,afinal,ele não tinha o espírito de Deus sobre ele,portanto,não adiantaria lhe falar o que realmente estava acontecendo porque ele não poderia fazer nada.
Aqui,ela nos ensina a fechar a boca para quem não pode nos ajudar. Diante de um momento difícil,não devemos abrir a boca e sair por ai gritando a nossa dor para o mundo.
Porém,ao chegar diante do profeta,ela se ajoelha nos seus pés e rasga o seu coração. Porque na verdade,o profeta representava o próprio Deus ali,ela sabia que ele tinha o espírito de Deus sobre si e podia lhe ajudar diante daquele quadro. 
Aprendemos também com esta mulher a luta por aquilo que Deus nos deu e não se conformar com o cenário atual. Embora diante de um cenário de perda,de derrota,ela nos ensina a lutar pela fé na realidade de Deus. Diante de duas realidades,a realidade natural,a verdade diante dos olhos e a realidade espiritual que é o que somos aos olhos de Deus.
Ela ignorou a sua realidade natural e creu na sua realidade espiritual. Nós que escolhemos qual realidade decidimos enxergar no momento de dor. 
O resultado final não estar diante dos nossos olhos e sim do modo que enxergamos aquilo que está diante de nós.
O profeta foi até o menino orou e fez o que Deus havia lhe dado o comando e o menino voltou a vida.
E assim como a mulher enxergou com os olhos espirituais da fé diante do menino morto,assim ela pode ver com os seus olhos naturais,o menino com vida.
A forma que você decide ver com os olhos espirituais é exatamente a forma que você verá com os olhos naturais.

Juciara Oliveira.
Derramando o bálsamo da palavra de Deus no teu coração.









Saulo era um inimigo perseguidor que ameaçava e articulava o mal contra os seguidores de Cristo. No seu coração só havia ódio e maldade contra os cristãos.
DE REPENTE!!! A LUZ BRILHOU... A LUZ VAI BRILHAR...
A luz vai brilhar,o teu inimigo vai CAIR,OUVIR A VOZ DE DEUS E MUDAR DE VIDA.
A verdade, é que geralmente as pessoas só ouvem a voz de Deus nos momentos de crise da vida,quando se encontram no chão de certa forma,devido a alguma circunstância da vida. Ali no chão,Saulo pergunta: Quem é o senhor? Na verdade,muitos não sabem quem é Jesus até caírem do cavalo de certa forma. 

(João 8:12) - Eu sou a luz do mundo;quem me segue nunca andará na escuridão,mas terá a luz da vida.

EU SOU JESUS A QUEM TU PERSEGUES,LEVANTE-SE. Saulo levanta-se,porém,não da mesma forma que caiu,mas completamente transformado pelo poder de Deus. Levanta-se uma NOVA CRIATURA,UM NOVO HOMEM,transformado tocado pelo poder da luz do mundo JESUS! 
A velha natureza adâmica fica ali no chão e levanta-se a nova criatura com a nova natureza de Cristo.
O perseguidor,o inimigo,o leão fica ali no chão e levanta-se um servo do Senhor manso e obediente ao seu comando.
A criatura fica ali no chão e levanta-se o FILHO DE DEUS,não criado por Deus,mas,NASCIDO NO REINO DE DEUS.
Saulo se levanta,abre os seus olhos,porém estar cego;então é guiado pelos seus companheiros de viagem até o lugar onde Jesus lhe diz para ir.
Antes da queda Saulo era cego espiritualmente, após a queda ,Saulo tem os olhos espirituais abertos,porém perde a visão natural temporariamente exatamente nos primeiros momentos de sua nova vida transformada.
Aprendemos aqui que a vida cristã é uma vida DEPENDENTE DE DEUS  e não mais de si mesmo,Saulo precisou ser GUIADO,aprendemos que quando entregamos a nossa vida para Cristo através da nossa conversão,devemos ser GUIADOS PELO ESPÍRITO SANTO,é Ele quem nos guia para onde devemos estar.
O agir de Deus é lindo! Deus é especialista em criar circunstâncias para transformar vidas. Nada acontece por um acaso,em tudo há um propósito determinado por Deus.
Saulo recebe a oração,as escamas caem dos seus olhos,os seus olhos naturais voltam a enxergar,o seu olhos espirituais também são abertos para ver o agir de Deus em sua vida,Ele é cheio do Espírito para então começar a sua nova missão aqui na terra.
Aprendemos que o seguidor de Cristo precisa enxergar como Cristo enxerga.
Saulo inicia então o seu ministério na terra, de perSEGUIDOR para SEGUIDOR DE CRISTO.
O seu coração e o rumo de sua vida é totalmente transformado,mudado. E todos ficavam admirados ao ver e ouvir da mudança da vida de Saulo e a sua mensagem sobre o evangelho de Cristo se tornava mais poderosa e todos não sabiam o que dizer.
PORQUE PARA DEUS NADA É IMPOSSÍVEL!

Resumo:
Deus transforma INIMIGO em AMIGO;
A luz do mundo JESUS,tem PODER para TOCAR e TRANSFORMAR qualquer ser humano;
Deus cria circunstâncias para mudar  uma vida e cumprir o seu propósito;
Deus muda o CORAÇÃO,a ALMA,o CARÁTER,e o espírito.
Para Deus,NADA é impossível!

Juciara Oliveira.
Derramando o bálsamo da palavra de Deus no seu coração.
   


(1 Reis 18:41) Elias disse a Acabe: "Vá comer e beber,pois estou ouvindo o barulho de chuva muito forte."
Acabe foi comer e beber,Elias subiu ao topo do monte carmelo e curvou o corpo até o chão,com o rosto colocado entre os joelhos,depois disse ao seu servo: "Vá e olhe para o lado do mar." ele foi e olhou. "Não vi nada", disse ele, por sete vezes Elias mandou: "volte para ver". Finalmente,na sétima vez, o servo exclamou: "Vejo que sobe do mar uma nuvem pequena,do tamanho da mão de um homem. Então Elias disse: "Vá depressa dizer a Acabe que pegue o seu carro e desça a montanha,antes que a chuva o impeça!
O céu logo ficou escuro com nuvens,e um forte vento trouxe uma grande tempestade.

Podemos aprender aqui lições maravilhosas para a nossa vida:
Diante de um cenário caótico,Deus fala para o profeta que vai mudar o cenário;ele então tem a opção de aceitar ou rejeitar a palavra de Deus naquela ocasião. Porém,mesmo parecendo impossível aos olhos naturais,o profeta recebe com mansidão a palavra de Deus,aceita as suas palavras e obedece ao seu comando,mesmo diante do cenário contrário a palavra de Deus.

O profeta fez exatamente como Deus havia falado,ele falou para o rei Acabe que Deus iria mandar chuva diante daquela seca.ele orou no monte carmelo e em seguida procurou ver a resposta da sua oração,ver algum sinal do que Deus havia lhe falado;mas, não viu NADA! Durante sete vezes ele ora e envia o seu servo para ver algum sinal de chuva no céu. Isso nos ensina a perseverar diante do NADA. Em seguida,ele ver um PEQUENO SINAL,algo insignificante,uma mão do tamanho da mão de um homem no céu,isso não significa praticamente nada na imensidão do céu.
Podemos aprender aqui a não desprezarmos os PEQUENOS SINAIS DE DEUS.

Resumo: Diante de um cenário negativo devemos...

ACEITAR,RECEBER E OBEDECER a palavra de Deus;
PERSEVERÁ e não DESANIMAR diante do NADA;
Não desprezarmos os PEQUENOS SINAIS DE DEUS;
DEUS,Ele sempre CUMPRE A SUA PALAVRA.

Juciara Oliveira.
Derramando o bálsamo da palavra de Deus no seu coração.

Eu vivo a mais linda história de amor do mundo.
Ele me viu lá do alto e sublime trono e se comoveu com a minha condição de pecadora destinada ao inferno por toda a eternidade;
Ele me amou no silêncio do seu olhar...
Movido pelo amor,Ele decidiu descer ao meu mundo com um corpo humano igual ao meu; 
Ele veio e arrancou todas as minhas doenças e enfermidades,consequentes do pecado que estavam sobre mim e jogou no seu próprio corpo;
Ele sofreu os meus sintomas sobre si;
Ele pegou todos os meus pesos e colocou em seus ombros em forma de cruz e caminhou humilhado,levando as minhas dores,rumo ao calvário;cada passo, acelerava as últimas batidas de um coração de amor.
Sem ao menos abrir a sua boca, Ele deita sobre a cruz e ali é preso a ela,Ele suporta e sofre as dores pensando em mim;uma coroa de espinhos é posta em sua cabeça,o sangue espirra e mais uma parte do seu corpo é dilacerado e moído por minha causa.
A cruz é erguida,fixada no chão ela liga o maior pacto da história,entre a terra e os céus,os braços abertos para mim,diziam que me acolheria para sempre nos seus braços de amor.
Eu estava ali dentro do seu coração quando ele parou de bater.
Está consumado!
Ele cumpriu a sua missão.
Ele me amou no silêncio do seu olhar.
Ele não veio para dividir a história,Ele veio para dividir a minha história.
O seu sangue me lavou,me purificou e me salvou do inferno.
Por sua causa as portas do céu foram abertas para mim e o meu destino eterno é o céu ao seu lado eternamente.
Antes de ir embora,Ele disse que iria preparar o meu lugar e voltaria para me buscar,Ele vem me buscar,não sei como irei ao seu encontro,se individualmente ou juntos com os meus irmãos no arrebatamento,isso não importa, o que importa é que Ele está vivo e vamos nos encontrar e juntos vivermos a mais perfeita história de amor que iniciou aqui no mundo e continuará para sempre no céu.
Como não corresponder ao seu amor?
Ele deu a própria vida por mim.
O mínimo que eu posso fazer,é retribuir com a minha vida hoje.
Exagerada ou fanática para muitos,não importa o que falam de mim.
Sei que jamais o amarei na mesma intensidade que Ele me amou.
Ele me levou à sério quando decidiu morrer por mim,como não levá-lo à sério hoje em minha vida?
O mínimo que eu posso fazer hoje é dar a minha vida para Ele.
Abro mão da minha própria vida para viver a sua vida em mim.
Sou sua meu Rei Jesus.
Seja feita a sua vontade em minha vida.
Não vivo mais eu,mas,CRISTO VIVE EM MIM...

Juciara Oliveira.
Obs.: Enquanto eu estava escrevendo esse texto em meu quarto a semana passada,eu senti muito forte a presença de Deus e não segurei as lágrimas,chorei por muito tempo sem conseguir parar,e logo mais,eu percebi que fui curada de algo que estava em meu corpo que estava me incomodando a algum tempo,eu já vinha orando,crendo e confessando a minha cura e percebi que os sintomas desapareceram. 
Obrigado meu Rei.
Glória à Deus!


(Deuteronômio 32:11) Como a águia ensina os filhotes a voar e com as asas estendidas os pega quando estão caindo,assim o Senhor Deus cuida do seu povo.




Quando uma águia vai ter filhotes ele vai ate o pico mais alto de uma montanha e constrói o seu ninho. A mãe águia constrói o seu ninho com gravetos, e depois forra em cima dos gravetos com penas e folhar para as pontas dos gravetos não machucarem seus filhotes. Quando os filhotes nascem à mãe águia traz todos os dias o alimento dos filhotes para que eles cresçam saudáveis, quando os filhotes vão crescendo a mãe águia tira todas as penas do ninho e deixa apenas os gravetos para que aquele ninho não seja mais um lugar de conforto para seus filhotes. A mãe águia coloca então o seu filhotinho na beirada do ninho e o empurra para o precipício, assim para que ele perca o medo e voe, quando a mãe vê que o seu filhote esta quase chegando ao chão ela o pega com suas garras e o leva para o ninho de novo, só que a mãe águia não desiste ela faz o mesmo procedimento sem cessar ate que o seu filhote aprenda a bater as asas e a voar sozinho.


Essa atitude da mãe águia parece ser uma atitude irresponsável,mas na verdade,é uma atitude de amor. 

Afinal,quem ama ensina a voar...


A Mãe Águia tem esta coragem. Sinceramente não consegui comprovar se é uma lenda, ou se realmente é um fato verídico.
Bem, a águia sabe o momento exato de “expulsar” seus filhotes do ninho. Ela percebe que se demorarem mais em ficar no abrigo do ninho, serão adultos dependentes, fracos. Por isso ela começa a modificar o confortável “bercinho”, colocando espinhos, pedras, tudo para que eles deixem o ninho, e exercitem seus músculos.


Quando percebe que já são suficientemente fortes, ela os empurra do mais alto penhasco, para que eles aprendam a voar. Ela observa como caem, controlando seu próprio instinto, e só parte para o socorro no último instante, a alguns segundo do chão.
Ela sabe que eles nunca se lançariam sozinhos, e a demora os tornaria alvos fáceis dos predadores.


Muitas com certeza exclamariam: Que crueldade! Mas se elas não atuassem assim, certamente a espécie já estaria extinta.
Assim como hoje são raras as pessoas com valores e características de águias,de vencedores.
A Mãe Águia se despoja de seus sentimentos e sacrifica o que considera mais valioso, a presença de seus filhotes junto a si, por amor a eles.


Um detalhe – Diz a “lenda” que a primeira coisa que fazem depois deste voo rasante é voltar ao ninho para agradecer a mãe águia.

Eu acredito que muitas vezes na vida,Deus age desta mesma forma que a mãe águia, em diversas situações em nossa vida. Para fortalecer a nossa fé,para nos preparar para o futuro e para que sejamos de fato aquilo para o qual Ele nos criou. Em um determinado momento da nossa vida cristã, Deus nos tira da nossa "zona de conforto" de certa forma,que não se refere ao local onde estamos e sim a algo que nos deixa na posição de comodismo,onde não sentimos a necessidade de agir ou tomar qualquer atitude diante do cenário o qual estamos. Só nos levando para uma situação desconfortável,de perigo,de medo é que descobriremos de fato  a nossa real natureza e saberemos exatamente quem somos e para que fomos criados. 

Assim como o  filhote de águia que só após passar pelo desapego do ninho,o medo de cair no meio do nada,descobre  para que serve as suas asas e o seu potencial de voar alto,acima das demais especies de pássaros. 
Deus então permite que passemos por diversas circunstâncias da vida,momentos de desapego,momentos de insegurança,medo de enfrentar o novo cenário desconhecido,medo de não saber o que fazer quando parece que estamos caindo e que vamos morrer sem qualquer ajuda,momentos que parecem que fomos abandonados pelo próprio Deus e que Ele não está vendo o perigo o qual estamos passando. Enfim,Deus permite uma série de situações para descobrirmos o nosso potencial e tudo aquilo que temos guardado dentro de nós e como usar aquilo que temos, para então sermos aquilo para o qual Ele nos criou.
Somos águias,fomos criados para voar alto,não poderíamos aprender com as galinhas,porque senão nos comportaríamos como tal. É necessário então aprendermos com Deus o qual temos a mesma natureza dele como o nosso Pai. E quando parece que Ele não está vendo,ou que vamos morrer,é quando Ele estar mais perto,acompanhando cuidadosamente todos os nossos movimentos que desenvolverá a força que há em nós e nos preparará para o lugar que nos espera e que foi criado por Deus para nós.
Mesmo que pareça que vamos morrer,isso não quer dizer que é o nosso fim,mas, o início  de uma nova fase a qual saberemos agir diante dos desafios que surgirem na nossa frente.




Quem ama ensina a voar...


Conta a lenda que havia um pássaro que todas as manhãs aparecia no jardim de uma casa para cantar,o dono da casa adorava acordar com o canto daquele pássaro e levantava-se todas as manhãs para observar o pássaro cantar. Ele foi então se aproximando do pássaro e ganhando a cada  dia a sua confiança,ao ponto de deixa-lo tocar a sua cabeça,até que o pássaro se aproximou tanto dele que pousou em seus ombros. 




Um dia o homem teve uma ideia, comprou uma belíssima e caríssima gaiola,encheu de comida especial para pássaros e esperou o pássaro,quando ele chegou o homem conseguiu colocá-lo dentro da gaiola,lá dentro,o pássaro ficou bastante desconfiado olhando para as paredes que lhe permitia ver o mundo de outra forma,o que  parecia lhe dar mais segurança,na verdade, lhe proporcionou uma terrível sensação de sufocamento. 

O pássaro então saiu e voou alto,sentiu o vento tocar o seu rosto e livremente se foi nas alturas. No dia seguinte,ele volta cantando pela manhã e mais uma vez o homem lhe coloca dentro da gaiola. Imediatamente  o pássaro para de cantar e sente a mesma sensação de sufocamento e desconfiado fica olhando o mundo apenas pelas grades,ele tenta sair outra vez,mas,não consegue,pois a porta foi fechada. O pássaro então fica quieto no cantinho da gaiola e come todos os dias o pouco da comida que nunca lhe faltou,porém,ele não consegue mais cantar. Afinal,a alegria de ser livre e voar,ele havia perdido. 




O homem se aproxima da gaiola todas as manhãs e manda o pássaro cantar,afinal,ele estar dentro de uma gaiola caríssima e tem a melhor comida para matar a sua fome. Mas, o pássaro triste lá no canto,não consegue cantar. Dia após dia,o pássaro apenas observava de sua luxuosa gaiola os outros pássaros voando livremente a cantar e cada vez ele ficava mais triste ainda. Até que um dia o homem decidiu abrir a gaiola,pois não aguentava ver o pássaro triste morrer lentamente. Porém, ao tentar voar o pássaro caiu no chão,afinal,as suas asas haviam atrofiado devido ao tempo que ele ficou ali sem poder voar. 




O homem então coloca o pássaro no seu dedo e movimenta o braço de um lado para o outro para incentivar o pássaro a bater as assas e então voltar a voar. Todos os dias ele faz o mesmo movimento até que um dia o pássaro bate as suas assas com mais intensidade e se vai sentindo o vento tocar o seu rosto. No dia seguinte o pássaro volta ao jardim cantando como antes e o homem compreende que quem ama,não prende,mas ensina a voar...

Podemos ver aqui, que o homem não é mau por prender o pássaro,mas por amá-lo e querê-lo ali guardado e protegido só para ele.

Quando na verdade,essa forma de amar estava matando lentamente aquele pássaro que foi criado para voar e naquela ocasião ali,apenas via o mundo e os outros pássaros voarem trancado por trás das "paredes" seguras da sua caríssima gaiola.

(Deuteronômio 32:11) Como a águia ensina os filhotes a voar e com as asas estendidas os pega quando estão caindo,assim o Senhor Deus cuida do seu povo.


Quem ama ensina a voar...




Juciara Oliveira. 
Derramando o bálsamo da Palavra de Deus no seu coração.

Apelo