j

"GUARDADO NAS PROFUNDEZAS DO TEU AMOR"

Posted by JUCIARA OLIVEIRA - -

Estava no meu quarto orando e meditando na Palavra de Deus,diante desse momento dicífil que eu tenho vivido desde o dia 18 de Dezembro de 2013;momento de pressão,dor e sofrimento,tenho a impressão de ter um tsunami sobre minha família;e tenho visto que a nossa força e vitória durante esse processo,o nosso lugar seguro tem sido o resultado do nosso mergulho na Palavra de Deus,ela tem sido a nossa proteção e segurança nesse momento. 
Enquanto estivermos aqui no mundo estaremos sujeitos a tudo que há no mundo,passamos por momentos de dificuldades,passamos,mas não ficamos lá,em todas essas coisas temos a vitória por que Cristo está conosco.
Isso me faz lembrar de um fato interessante do casal que sobreviveram ao tsunami exatamente por estarem mergulhando no fundo do mar enquanto o tsunami passava destruindo tudo. 


Um dia após o Natal de 2004 o mundo assistiu a uma das maiores catástrofes da história. Uma sequência de ondas gigantes arrasou a costa de países da Ásia e da África matando mais de 300 mil pessoas.
Enquanto os tsunamis varriam cidades, um casal de brasileiros mergulhava a duas horas da costa, no Sul da Tailândia. Karina Dubeux e Isac Szwarc foram salvos por estar no lugar mais improvável, debaixo d´água. 
A história dos dois médicos reumatologistas é daquelas que merece um livro. E ele agora existe. Em Salvos por um mergulho (editora Kalligraphos), Karina conta o drama vivenciado durante a viagem. 
Uma sucessão de episódios fez com que o casal mudasse o roteiro inicial de viagem, o local da hospedagem e o horário do mergulho. Só por conta dessas coincidências eles sobreviveram.
 
Houve um atraso de meia hora no início do nosso mergulho. É raro as operadoras de mergulho atrasarem, mas aconteceu. Esse atraso fez com que não estivéssemos na superfície, na ilha de Maya, no momento do tsunami. Na ilha, pessoas morreram e parte do nosso hotel foi destruída. Quando o tsunami aconteceu, nós estávamos a 23 metros de profundidade. 
Quando conseguimos voltar ao hotel, nadando uma parte do percurso porque o barco não conseguia ancorar, vimos a frente do hotel varrida, uma ponte de concreto partida ao meio, barcos virados. Estávamos assustados, mas não tínhamos noção do que havia acontecido porque, na ilha, só havia nosso hotel e estávamos sem comunicação. 
O nosso quarto, por ser aos fundos do hotel, não foi atingido. Tomamos um banho, eu coloquei um pijaminha e fui dar uma descansadinha. 
Cerca de seis horas depois do tsunami é que nós fomos saber o que aconteceu, também pela TV. A luz voltou e começamos a acompanhar. O primeiro número que ouvi anunciarem era de cinco mil mortos. As imagens mais visualizadas eram justamente da Tailândia, e um dos locais devastados era onde nós deveríamos estar se não tivéssemos mudado de plano sei lá por qual motivo. 
Passamos a ter uma expectativa de vida mais curta. Não planejamos a vida para daqui a 20 anos. Pensamos no que vamos fazer semana que vem, mês que vem, no máximo daqui a um ano. Vivemos cada dia como se fosse o último. Procuramos ser felizes hoje, levando em conta o que são nossas prioridades, o que nos dá prazer e como podemos ajudar os outros. 
Percebemos que a vida é um presente e que temos de viver intensamente. As pessoas têm de deixar de lado a mesquinhez e ser mais solidárias, colorir a vida das outras pessoas. Dar um sorriso quando cruza com alguém no caminho já é um começo.

Eu nunca ouvi um fato tão interessante em toda a minha vida,e o que mais me chama a atenção nisso tudo é a proteção de Deus sobre esse casal nos pequenos detalhes os quais eles chamam de sorte.

Isso me faz lembrar uma passagem que se encontra em Ezequiel 47:1-9 " O homem me levou de volta até a entrada do Templo. Debaixo da entrada,saía água que corria na direção do leste,pois o Templo dava frente para esse lado. A água corria por baixo do lado sul do templo,ao sul do altar. Então o homem me fez sair da área do Templo pelo portão norte e me levou pelo lado de fora até o portão que dá para o leste. Um riacho saía do lado sul do portão. Com a sua vara de medir,o homem mediu quinhentos metros na direção da correnteza,para o leste.Ele me fez atravessar o riacho ali,e  a água chegou aos meus tornozelos. Em seguida,ele mediu mais quinhentos metros,e a água subiu até os meus joelhos. Mais quinhentos metros, e a água chegou até a minha cintura.Finalmente,mediu mais quinhentos metros, e o rio era tão fundo,que eu não podia atravessar. Era fundo demais para ser atravessado, a não ser a nado.
- Esta água corre para o leste e desce até o rio Jordão e até o mar Morto. Quando entra neste mar, ela faz com que a água salgada do mar vire água doce. Em todo lugar por onde esse rio passar,haverá todo tipo de animais e de peixes. O rio fará com que as águas do mar Morto fiquem boas e ele trará vida por onde passar."

Essas águas simbolizam o próprio Deus.

O qual devemos mergulhar de cabeça no nosso relacionamento com ele,quando na maioria das vezes entramos no nosso relacionamento com Deus,igual como entramos na água do mar,rio,piscina;primeiro os pés e aos poucos até mergulhar completamente.
A verdade,é que Deus nos quer da mesma forma que Ele se deu por nós na cruz através de seu Filho Jesus;por inteiro,por completo. Quando amamos alguém,o nosso desejo é ter aquela pessoa por inteiro,por completo,com Deus é do mesmo jeito,é assim que Ele deseja se relaciona com a gente.
Mergulhar em Deus é mergulhar em sua Palavra;elas tem o poder de dá vida onda há morte,poder de curar,libertar,restaurar,transformar,salvar. Quem mergulha em Deus nunca mais é o mesmo.
Águas de vida,que dá vida para quem apenas existe.
Mergulhar nas profundezas do amor de Deus é está guardado,protegido de todo perigo,amor que nos envolve e nos conforta,nos aquece,nos acolhe,nos guarda de todo o mal. 
Lugar de segurança,paz e proteção.

Salmos 91:1-2 " A pessoa que procura segurança no Deus Altíssimo e se abriga na sombra protetora do Todo-Poderoso pode dizer a ele: 

Ó Senhor Deus,tu és o meu defensor e o meu protetor. Tu és o meu Deus;eu confio em ti." 


Juciara Oliveira.


Derramando o bálsamo da Palavra de Deus no seu coração.




Apelo